Período
 - 
Selecionar datas
Viajantes
1 quarto, 2 viajantes
Quartos e Hóspedes
Quartos
Quarto 1
Adultos
Crianças

Ordenar e Filtrar

Map background

Buscar por estabelecimento

Faixa de preço

R$ 0
R$ 0
R$ 499
R$ 500

Classificação por estrelas

Comodidades

Ordenar por:
Visualização

Mais sobre o Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro tem um grande complexo arquitetônico, cujas origens remontam o século XVIII. Em 2020, a cidade recebeu o título de Capital Mundial da Arquitetura pela UIA/UNESCO.

Cidade Maravilhosa, Rio 40graus, hells de Janeiro, não importa como nos referimos à ela: a cidade do Rio de Janeiro sempre deixa saudades em quem passa por ela!

Por que visitar o Rio de Janeiro?

A Cidade Maravilhosa, como é conhecida em todo mundo, tem incontáveis atrações.

Um dos maiores centros empresariais e complexos turísticos brasileiros, o Rio recebe em média cerca de 7 milhões de turistas, nacionais e internacionais por ano.

Conhecer o Cristo Redentor, assistir um jogo de futebol no estádio do Maracanã, participar de uma roda de samba no Sambódromo ou contemplar um pôr do sol na Praia do Arpoador são apenas algumas experiências que você terá nesse Rio 40 Graus, em qualquer época do ano.

O Rio possui um legado histórico: conjuntos arquitetônicos de diversas épocas misturam-se na cena contemporânea de seus arranha-céus.

São mais de 50 museus, parques e áreas de proteção ambiental e as praias, que varrem da zona sul a zona oeste, num longo abraço caloroso.

Saiba mais: Por que visitar o Rio de Janeiro?

Qual a melhor época para visitar o Rio?

Quando você visitar o Rio de Janeiro vai perceber que o verão dura quase o ano todo. A cidade tem duas estações bem definidas: Verão e primavera.

É possível ter dias realmente quentes mesmo no inverno, mas as temperaturas costumam cair um pouco ao anoitecer.

Já no outono é a melhor época para curtir todas as atrações da Cidade Maravilhosa e ainda desfrutar da beleza ímpar de suas praias.

Fique de olho no que você vai precisar levar na mala!

O que você deve levar na mala?

Roupas de praia: sungas, biquinis, maiôs, tops, shorts, vestidos curtos, vestidos longos de algodão, calças leves (jeans, viscose, lycra), leggings e tênis para caminhadas, viseira, chapéu e óculos escuros. Não se esqueça dos chinelos, uma garrafinha de água e filtro solar (imprescindíveis).

Primavera/verão: Na primavera, no período de setembro a dezembro, você já vai ter uma prévia do que será o verão, com alguns dias mais frescos, ideais para aproveitar as atividades naturais. O verão carioca é muito quente, com temperaturas médias de 40° C (daí a expressão Rio 40°), entretanto há muita incidência de chuva no período, o que faz o clima se tornar abafado.

Outono/inverno: No outono, há muitos dias ensolarados, mas com temperaturas mais leves, o que torna o passeio o ecoturismo e o turismo de aventura mais propícios. No inverno, entre meados de maio e julho, costuma fazer frio, sobretudo à noite.

Alta Estação

Na alta estação você encontra a cidade pronta para receber bem o turista com pontos turísticos reformados, maior patrulhamento policial nos bairros e vias principais. Eventos populares gratuitos, um clima de festa no ar com muitos turistas.

Entretanto, com tantas pessoas nas ruas é normal que os lugares turísticos e as praias estejam lotadas. Você poderá ter alguma dificuldade em adquirir ingressos para as atrações – aconselhamos a compra antecipada pela internet.

Caso você tenha interesse em conhecer os desfiles de carnaval ou o réveillon carioca, procure adquirir seus ingressos, estadias em hotéis e aluguel de carro com o máximo de antecedência possível.

Baixa Estação

O bom de viajar na baixa estação é que você poderá contemplar os pontos turísticos e naturais com mais calma sem tantas pessoas disputando espaço. Alguns pontos turísticos podem estar em manutenção, confira o site com o horário de funcionamento das atrações.

Os parques e as praias estarão bem menos lotados (principalmente as praias da zona sul carioca e durante a semana). O excelente atendimento nos bares, restaurantes e hotéis se torna quase que personalizado. Os valores tendem a ser mais baratos em pousadas e hotéis.

Atenção nas estações chuvosas, muitos pontos da cidade costumam alagar e o trânsito se torna caótico: nesse caso, opte por atrações que sejam possíveis chegar de metrô.

Saiba mais: Guia de Viagem - Rio de Janeiro